segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

A Lurva e a Carcinha...

Um jovem minerim, de Belzonte , ao passar em uma loja da Av. Afonso Pena , resolveu comprar um belo par de luvas para enviar a sua jovem e interiorana namoradinha, ainda meio simples, de família tradicional mineira, a quem muito respeitava.
Na pressa de embrulhar, a moça da loja cometeu um 'pequeno' engano, trocando as luvas por uma CALCINHA!

O jovem, não notando a troca, enviou o presente postando a encomenda pelos Correios e Telégrafos, junto com a seguinte cartinha:


BeloZonte,. 05 de junho de 1949

Querida Gumercinda
Qui essa encontre ocê forte e robusta, com todos os seus daí.

Sabendo que dia 12 de junho, da semana qui vem, é o Dia dos Namorados (já tá pertim mermo, num é?!) arresolvi te mandá este presentin.
Embora eu já tenha botado reparo, e sabia que você não costuma usar (pelo menos eu nunca te vi usando uma), acho que ocê vai gostar desse bem mandado presentim.
Cum certeza vais gostá. Não só pela cor ou pelo modelo; pois a moça da loja experimentou, até ali mermo na minha frente, e pelo que vi, ficou ótima.
Apesar de um pouco larga na frente, ela disse que é melhor assim do que muito apertada, pois a mão entra com mais facilidade e os dedo pode se movimentar à vontade.
E num é qui é bão demais, assim! pois num é!
Depois de usá-la, é bom virar do avesso e colocar um pouco de tarco para evitar aquele cherim desargradável, pois num é?
Espero mermo qui ocê goste,e proveita bem pois vai cobrir aquilo que breve irei pedir ao seu paizin, além de proteger o local em que colocarei aquilo que você tanto sonha.

Assinado, para sempre, seu
Etervardo





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...