sábado, 8 de dezembro de 2007

Notícia - Verdadeiras experiências fora do corpo

Ao fornecer visões e emoções erradas, porém combinadas, os cientistas “teletransportam” as pessoas mentalmente para fora de seus corpos

Viajar para fora do próprio corpo pode ser tão fácil quanto uma ilusão provocada por um vídeo, de acordo com uma nova pesquisa. Coloque um par de óculos especial sobre os olhos, que mostra imagens captadas por uma câmera ao lado do seu olho esquerdo, assim como de outra câmera ao lado de seu olho direito. Então, peça a seu amigo que, ao mesmo tempo, bata em seu peito e faça um movimento similar logo abaixo do campo de visão das câmeras. Dentro de um minuto, você será tomado pela sensação de estar onde as câmeras estão, e não dentro de seu próprio corpo.

Para uma excursão mais rápida, porém menos poderosa, para além de seus limites corporais, experimente o truque do espelho duplo: coloque dois espelhos, um de frente para o outro, e então se aproxime de um deles para que dois terços de seu rosto sejam refletidos por ele. Coce a bochecha e olhe fixamente para o corredor de espelhos que acabou de criar. Depois de seu reflexo original, e o da imagem de suas costas, concentre-se no terceiro reflexo – seu próprio rosto, porém levemente obscuro. Dentro de segundos, você não reconhecerá aquele reflexo como o seu, diz o neurocientista Eric Altschuler, da University of Medicine & Dentistry of New Jersey em Newark, que reportou o fenômeno na edição de abril de Perception.

É claro que nenhuma dessas ilusões reproduz precisamente o exemplo clássico de experiências fora do corpo relatadas por pacientes à beira da morte, que dizem sair do corpo, mas ainda observarem tudo que acontece em seu redor. No entanto, dois estudos publicados na Science mostram que o “eu” e o corpo podem ser desconectados – pelo menos com o uso de câmeras de vídeo.

“Descobrimos um método para mudar a localização percebida pelo corpo no espaço, mesmo que ela fique fora do corpo físico”, explica Henrik Ehrsson, neurocientista cognitivo do Instituto Karolinska, em Estocolmo. “Eles se vêem sentados no meio da sala, mas têm a sensação de estarem em um canto da sala”.
Basta usar espelhos: uma variação do experimento para “sair do corpo” pode ser feita ao simplesmente colocar dois espelhos frente a frente. Aproxime-se de modo que apenas dois terços de seu rosto sejam refletidos e coce a bochecha. Olhe para seu terceiro reflexo – pode parecer que não seja você.

Fonte: www.uol.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...